Angola vai mediar conflito entre Uganda e Ruanda

Priorizar a resolução de diferendos de forma pacífica e colaborar no processo de normalização da situação do surto do vírus do ébola na república Democrática do Congo estão entre as principais resoluções da cimeira quadripartida, que reuniu em Luanda os chefes de Estado de Angola, João Lourenço, do Uganda, Yoweri Museveni, do Ruanda, e Félix Tshisekedi, Presidente da República Democrática do Congo.

Angola foi eleito para mediar a resolução de conflitos entre o Uganda e o Ruanda.

Os quatro chefes de Estado comprometeram-se com o reforço do diálogo permanente, para a consolidação da paz e segurança, dois fatores considerados fundamentais para o desenvolvimento da sub região. Saudaram igualmente os “esforços empreendidos pelas autoridades da República Democrática do Congo na pacificação de todo território nacional, tendo condenado a persistência de grupos armados no leste do país, que dificultam o processo de paz em curso e desestabilizam os países vizinhos”

A cimeira quadripartida surge na sequência de uma reunião realizada em Kinshasa, no passado dia 31 de Maio.

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

- PUBLICIDADE -