Como Abrir Meu Próprio Negócio no Mercado

    Como essa matéria é um pouco complexa estarei dividindo a mesma em etapas para vocês nossos fieis leitores. Começaremos explanando as diversas nuances do mercado e em seguida algumas sugestões e orientações básicas para você entender melhor o que você vai querer fazer a partir do momento que desejar ser um empreendedor.

    Primeira parte: Com a economia brasileira do jeito que está a maioria das pessoas de muitas classes sociais tem procurado soluções imediatas para ganhar algum dinheiro, desde ideias mirabolantes até a mais simples como uma modesta banca de venda em um ponto qualquer da cidade. Agora se você Procura por informações de como abrir um negócio, temos aqui algumas orientações de como podemos fazer para quem sabe abrir um negócio novo e ter bons lucros.

    É bastante comum recebermos e-mails, telefonemas, mensagens de texto de empreendedores, vendedores de catálogos, lojas virtuais e até mesmo de amigos, colegas com as dúvidas: “abrir uma loja é um bom negócio?”, “vale a pena pegar um financiamento para montar meu negócio?”, “comprar uma máquina de fazer alguma “”coisa” é lucrativo”? Natura, Hinode, Avon é um bom negócio? O fato é que a maioria dos empreendedores na ânsia de fazer as coisas rapidamente ou de não saber por onde começar querem respostas prontas e rápidas. Não se precipite, a única coisa que você vai ganhar com sua pressa é perder rapidamente suas economias. Os fatores mais importantes para abrir um bom negócio são as seguintes: Capital, Crescimento a Curto PrazoTempo de Retorno, Lucro, Giro, Potencial do Produto ou Serviço e quantas pessoas vão querer este produto ou serviço. Seria muito bom também você se sentir um empreendedor, ou seja, está preparado o melhor possível para o novo negócio, com isso você aumentará bastante a sua chance de obter sucesso no mercado.

    Sua ideia de negócio deve estar relacionada com suas experiências anteriores, habilidades e desejos pessoais, não somente pensando naquele vizinho ou vizinha que esta se dando bem em algum negócio, não esqueça que existe muita boataria e enganação no mercado fique esperto. Quanto maior forem estas aproximações pessoais maiores serão suas chances de executar bem o plano de negócios. Não se iluda, se não houver clientes suficientes para comprar seu produto ou serviço seu negócio simplesmente estará fadado ao fracasso,  não foque somente em seus parentes e amigos, o mercado é muito mais do que isso, eles são o  combustível para um sucesso futuro, porém, opiniões verdadeiras você só obterá de estranhos.

    Se você fizer uma vasta pesquisa do fator mais importante para montar um negócio de sucesso, seja na internet, em livros ou consultando especialistas, todos eles lhe dirão que o mais importante é fazer um bom planejamento. Existem também pesquisas do IBGE, SEBRAE e DIEESE mostrando que fazer um planejamento aumenta bastante as chances de sucesso ao abrir um negócio.

    Cada uma das metodologias tem seus méritos e devem ser consideradas na hora de fazer o planejamento do seu negócio. Em muitos casos é possível utilizá-las uma complementando a outra. O fato é que qualquer que seja o método que você for usar, todos passam por um período de planejamento. É no planejamento que você obterá as respostas às perguntas do início deste artigo e muitas outras como estas abaixo:

    • Qual o capital necessário para abrir o negócio?
    • Qual o potencial de crescimento do futuro negócio?
    • Quanto você poderia lucrar por mês com este negócio?
    • Quanto tempo o negócio demoraria a gerar lucro?
    • Quanto de dinheiro você precisará para tocar a empresa (capital de giro)?
    • Há realmente pessoas suficientes que vão querer comprar seu produto ou serviço? E como você vai encontra-las?

    Tudo o que você for precisar para abrir seu empreendimento você descobrirá através do planejamento do negócio. Ao todo são nove áreas que precisam de atenção, que estaremos informando em nosso próximo artigo, fiquem atentos não deixem de visitar nosso site e prestigiar as informações valiosas nele contidas.

     

    Um forte abraço.

     

    Sebastião Cavalcante

    Economista CRE 1658

    - PUBLICIDADE -