Covid-19: Especialistas explicam o porquê de usar a máscara mesmo após a vacina

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

A vacina de imunização contra a covid-19 é um dos passos que ajudarão a contar a proliferação do vírus, mas não o único. Especialistas explicaram o porquê é importante o uso da máscara mesmo após a vacinação contra o novo coronavírus. 

Para o infectologista da UFRJ Edimilson Migowski, o uso do equipamento será essencial na fase inicial pelo fato de ainda não se saber o grau de eficiência da vacina. “Nós ainda não sabemos como essa vacina irá se comportar, então há a recomendação do uso da máscara. A tendência é que no começo as pessoas respeitem, depois, continua usando só aqueles que apresentarem sinais e sintomas de infecção viral”.

Já Renato Kfouri, infectologista e presidente do Departamento de Imunizações da Sociedade Brasileira de Pediatria, afirmou que o uso da máscara é importante por dois motivos: Possível quadro de reinfecção e a questão da coletividade. “O seu comportamento influencia nos outros. Ninguém sai com uma placa dizendo “eu já tive a doença”, então é uma questão de humanidade e de respeito com o próximo. É prudente que todos usem por uma questão social e prevenção de outras doenças respiratórias também.”

Além disso, Kfouri disse que casos de reinfecção são muito raros, mas que pode acontecer. “Quem teve recentemente, dificilmente pegará de novo, porém, a gente recomenda o uso da máscara, as medidas de higiene e distanciamento.

O uso de máscaras de proteção facial já era apontado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e por autoridades sanitárias do país como uma importante medida de proteção e de prevenção à propagação do coronavírus. As mesmas impedem a disseminação de gotículas expelidas do nariz ou da boca, funcionando como uma barreira física contra a propagação do vírus.

A máscara deve ser usada sempre que a pessoa precisar sair de casa, higienizando as mãos antes e depois de colocá-la. Ela deve cobrir a boca e o nariz, e dever ser amarrada acima das orelhas e abaixo da nuca, para diminuir o espaço entre o rosto e o equipamento. Também é importante lavar a máscara sempre que chegar em casa.

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

- PUBLICIDADE -