IML identifica dez corpos após troca de tiros em Manaus

Alexsandro Custódio de Carvalho, 16, foi o primeiro reconhecido dos 17 corpos que estão no Instituto Médico Legal (IML), após troca de tiros com a Polícia Militar (PM), na madrugada desta quarta-feira (30), no bairro do Crespo.

Até a noite desta quarta, o IML havia identificado dez corpos, sendo mais um adolescente, e liberado a identidade de outros seis, incluindo o jovem Alexsandro.

O IML informou que dez corpos já haviam sido identificados após o procedimento de autópsia, mas não anunciou os nomes. O instituto justificou que só divulgará quando os familiares também reconheçam os mortos

Até o fechamento desta matéria, mais seis nomes haviam sido divulgados. Erick Osmarino Silva Santos, 17, Markleuson Batista da Silva, 18, Lucas da Costa Pereira, 21, Bruno Cardoso Lopes, 23, Michael dos Santos Cardoso, 27, e Max Willian Sampaio da Silva Cavalcante, 29.

DESTAQUE INTERNACIONAL

O conflito foi destaque na mídia internacional. O Le Figaro, da França e o Zeit Onçine da Alemanha, estamparam o resultado do confronto que vitimou 17 pessoas na Zona Sul de Manaus.

BRUNO ‘SURFISTINHO’ 

Bruno Santos de Lira, de 26 anos, vem sendo apontado como o responsável do “bonde” criminoso que tentou tomar a boca de fumo no Crespo. A policia ainda não confirmou se ele é o morto que estava com tornozeleira eletrônica.

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

- PUBLICIDADE -