Operação da PF mira senadores Eduardo Braga e Renan Calheiros

A operação da Polícia Federal (PF) esteve desde as primeiras horas desta terça-feira (5) cumprindo mandados de busca e apreensão e sequestro de bens nas residências dos senadores Eduardo Braga (AM) e Renan Calheiros (AL), ambos do MDB, além do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rêgo.

Foto: Divulgação

A PF cumpre mandados dentro da operação Lava Jato em Manaus, Alagoas, Brasília e São Paulo.

O senador amazonense Eduardo Braga foi intimado em sua residência para prestar depoimento. A ação é um desdobramento do inquérito 4707, que apura supostas doações de R$40 milhões feitas pelo grupo J&F a senadores do MDB para as eleições de 2014. A informação partiu da delação de Ricardo Saud, que serviu com base para a instauração do inquérito

A defesa de Eduardo Braga indicou que não foram realizadas buscas em endereços ligados ao senador. Outros senadores poderão surgir durante as investigações.

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

- PUBLICIDADE -