Processo de transição do governo de Roraima começa nesta quarta-feira (21)

Devido ao ponto facultativo dessa segunda-feira (19) e feriado da Consciência Negra, celebrado hoje (20), a transição do governo de Roraima, que estava marcada para começar ontem, foi adiada para esta quarta-feira (21).

As negociações começaram no dia 5 de novembro, quando o governador eleito se encontrou com a governadora, Suely Campos, e equipe. A assessoria de comunicação do próximo governo informou que ocorre há alguns dias uma transição interna, em que a equipe se prepara e organiza para a transição de fato.

O procedimento vai ocorrer até 10 de dezembro. Após isso, será montado um relatório pela equipe de transição do governador eleito, Antonio Denarium, em que serão apontadas demandas e soluções de cada secretaria.

“Temos um modelo de check-list, no qual cada membro que for visitar as secretarias estará acompanhado de advogado, contador, alguém da área de planejamento, para fazer in loco a verificação daquela respectiva secretaria. Todos terão uma coleta-padrão para que a gente possa montar o relatório e entregar ao nosso governador”, explicou o vice-governador eleito e líder da equipe, Frutuoso Lins.

Ele acrescentou que o relatório apresentará medidas a serem tomadas nos primeiros seis dias. “Denarium ai receber o relatório substanciado para que também adote decisões em médio prazo, em cem dias, tendo a certeza que fizemos um trabalho transparente e participativo com todos os órgãos e a sociedade”, disse.

 

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

 

- PUBLICIDADE -