Rio de Janeiro: Oficial da PM é hospitalizado após se recusar a pagar programa com travestis

PMs do 9º BPM (Rocha Miranda) foram acionados por causa de uma briga em um ponto de prostituição, na Vila Valqueire, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na noite desta última sexta-feira (15). No local, havia um tenente do batalhão seminu, desmaiado na calçada. De acordo com testemunhas, o oficial foi agredido por duas travestis após se recusar a pagar por um programa sexual com elas.

Segundo a ocorrência policial, o tenente recebeu os primeiros socorros após ser levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região.

No entanto, por causa da gravidade dos ferimentos, ele precisou ser encaminhado para o Hospital Estadual Carlos Chagas, também em Marechal Hermes. Ainda não há informação sobre o estado de saúde do militar.

Em nota, a PM se limitou a dizer que uma equipe foi acionada para uma confusão no local, “no entanto quando os agentes chegaram, o tumulto já havia se dispersado e ninguém foi preso”.

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

- PUBLICIDADE -