Amazonas: Nejmi Aziz deixa a prisão por determinação da justiça federal

Presa pela Polícia Federal (PF) durante a Operação VERTEX, uma nova fase da Operação Maus Caminhos, que investiga a prática de crimes de corrupção passiva, lavagem de capitais e pertinência a organização criminosa, a ex-primeira dama do Amazonas, Nejmi Aziz, deixou a cadeia no final da tarde deste último domingo, 21.

Dos presos na última sexta-feira (19), apenas Nejmi Aziz, mulher do senador Omar Aziz, foi colocada em liberdade em menos de 48 horas. Ela estava presa no Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), localizado no quilômetro 8 da BR-174.

A desembargadora federal, Maria do Carmo Cardoso, corregedora regional da Justiça Federal da 1ª Região, atendeu parcialmente o pedido de liminar para determinar a imediata soltura de Nejmi Aziz.

“Da análise da decisão recorrida constata-se que os fatos delituoso atribuídos à paciente remontam ao período compreendido entre 2014 e 2016, não contemporâneos ao decreto prisional. Ainda nos fundamentos apresentados na decisão impugnada não revelam a imprescindibilidade da prisão temporária”, sustenta a magistrada.

A desembargadora usou, também, do argumento de que”não se admite a prisão temporária sem que tenha sido apresentada fundamentação que revele a imprescindibilidade de cautelar para as investigações criminais, com base nos princípios da não-culpabilidade e proporcionalidade”.

Além de Nejmi, esposa do senador Omar Aziz, também foram presos três irmãos dele, que estão no Centro de Detenção Provisória Masculino. Omar não foi preso, mais está proibido de deixar o país.

RELAÇÃO DOS PRESOS DA OPERAÇÃO VERTEX

  • Nejmi Jomaa Abdel Aziz
  • Amin Abdel Aziz Neto
  • Mansur Muhammad Abdel Aziz
  • Murad Abdel Aziz
  • Nafice Bacry Valoz
  • José Renato de Lima Junior
  • Ricart Campos Marques
  • Paulo José Gomes da Silva
  • Josnério Barracho de Figueiredo

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

 

- PUBLICIDADE -