Brasileira de 22 anos morre após fazer cirurgia estética no Paraguai

Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -

Uma jovem de 22 anos identificada como Sheiza Ayala morreu nesta quinta-feira em um hospital da cidade de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul, após realizar um procedimento estético em um hospital do Paraguai.

Segundo a TV Morena, Sheiza teria atravessado a fronteira entre Brasil e Paraguai – que está fechada por causa da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) – para fazer uma cirurgia nos glúteos em uma clínica que poderia ser clandestina em Pedro Juan Caballero.

Sheiza foi submetida ao procedimento no sábado e deu entrada na unidade de saúde brasileira com falta de ar e dores no corpo no domingo. Ela passou quatro dias internada e morreu com uma hemorragia no pulmão.

Por causa da dificuldade de respirar, a jovem foi submetida a um exame para detectar contaminação por Covid-19, mas ele deu negativo. A polícia do Paraguai investiga o caso.

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

- PUBLICIDADE -