Polícia Civil intensifica trabalhos durante a realização da Festa do Cupuaçu, em Presidente Figueiredo

A festa acontece  de 31 de maio até o dia 2 de junho deste ano.

A Polícia Civil do Amazonas, por determinação do delegado-geral da instituição, Lázaro Ramos, e do delegado-geral adjunto, Orlando Amaral, irá intensificar, de 31 de maio até o dia 2 de junho deste ano, atuação policial durante a realização da 29ª edição da Festa do Cupuaçu, em Presidente Figueiredo, município distante 107 quilômetros em linha reta da capital.

Intitulada operação “Cupuaçu”, os trabalhos realizados pela Polícia Civil serão coordenados pelo delegado George Gomes, diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) e pela delegada Suely Costa, diretora do Departamento de Polícia do Interior (DPI) da instituição.

Conforme o delegado George Gomes, serão deslocadas para o festival equipes do DPM, Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), além de policiais civis do 12º, 20° DIP, 22° DIP, 23° DIP, 28º e 30° Distritos Integrados de Polícia (DIPs), que irão trabalhar em conjunto com agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

“Estamos com o reforço de delegados, investigadores e escrivães, que trabalharão diariamente para que sejam feitos os devidos procedimentos, como registros de Boletins de Ocorrência (BOs), lavraturas de flagrante e Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) durante a edição deste ano da Festa do Cupuaçu. Ficaremos no posto da PRF, situado no quilômetro 927 da rodovia federal BR-174”, explicou Gomes.

‘Operação Votorantim’ – Conforme a diretora do DPI, os trabalhos em torno da segurança no município de Presidente Figueiredo estão sendo realizados desde a quinta-feira (30/05), quando foi deflagrada a operação “Votorantim”, que resultou nas prisões de sete pessoas. Ao todo, 60 policiais civis participaram da operação. Foram apreendidos ao longo da ação uma espingarda calibre 16, quatro porções médias e seis trouxinhas de maconha, 11 trouxinhas de oxi, R$ 1.080 mil em espécie, além de sete celulares e um simulacro de arma de fogo.

“Vale destacar que, como parte da programação em torno da Festa do Cupuaçu, já reforçamos nossos trabalhos por lá desde quinta-feira (30/05), para garantir a segurança dos moradores e turistas que irão participar das festividades. Continuaremos presentes com delegados, investigadores e escrivães na 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Presidente Figueiredo, para fornecer todo o apoio necessário durante os trabalhos”, garantiu a delegada Suely Costa.

Amazônia sem Fronteiras/ Fonte: Assessoria de Comunicação da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM)

- PUBLICIDADE -