TRE cassa prefeito de Presidente Figueiredo por abuso de poder

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou ontem (26) o mandato do prefeito do município de Presidente Figueiredo Romero Mendonça (PDT) e do vice-prefeito Abrahão (PDT) por abuso de poder na campanha eleitoral de 2016.

Por cinco votos a um os membros do Tribunal decidiram acatar o recurso do partido Avante que acusava prefeito e vice de abuso de poder econômico. A decisão cabe recurso no próprio TRE e ainda no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo informações apuradas pela equipe de reportagem do Portal Amazônia sem Fronteiras, o prefeito e o vice permanecem no cargo até o “esgotamento das vias ordinárias do recurso”. Nos autos consta que eles usaram doações de pessoas físicas que não tinham renda comprovadas para justificar doação que soma R$170 mil na campanha dos então candidatos.

 

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

- PUBLICIDADE -