Manaus: Carnes e frios vencidos fazem DB fechar temporariamente

Durante ação fiscal realizada nesta quinta-feira (13), o supermercado da rede DB, na avenida Umberto Calderaro Filho (antiga Paraíba), foi interditado temporariamente por estar comercializando carne com validade vencida e frios mal conservados e sem condições de consumo. Uma denúncia, feita à Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (ADAF), levou fiscais de uma força tarefa ao local.

Foto: Divulgação

A interdição deve durar até a situação ser regularizada junto aos órgãos fiscalizadores. A ação foi promovida pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM), por meio da 51a. Promotoria de Defesa do Consumidor (Prodecon), com a presença do Procon Manaus, Procon Amazonas, Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf), Vigilância Sanitária de Manaus (Visa Manaus), Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem) e Corpo de Bombeiros.

A interdição ocorre para que os promotores e fiscais de saúde façam uma análise em produtos à venda. “Há um grave ataque à saúde da população por isso estamos realizando esta interdição temporária com a participação de vários órgãos para avaliar de forma mais intensa os produtos comercializados aqui”, disse o promotor Otávio Gomes.

Nos últimos três anos o DB vem apresentando problemas diante da fiscalização sanitária. Um gerente, o da unidade do conjunto Nova Cidade, chegou a ser preso durante fiscalização.

 

Reportagem: Redação Amazônia sem Fronteiras

- PUBLICIDADE -